Plenário também pode votar duas medidas provisórias se lidos os ofícios para que comecem a tramitar na Casa
O projeto de lei que aumenta os casos permitidos de porte de armas é o destaque da pauta do Plenário para esta semana. A partir de hoje, os deputados podem votar ainda duas medidas provisórias se lidos os ofícios para começarem a tramitar na Casa.

Aconteceu neste último domingo (29 de setembro de 2019) a exposição da Casa Calibre no 6° Costelão Maçônico no Clube AABB na cidade de Bom Jesus da Lapa- BA. O evento reuniu dezenas de pessoas de todo o país. O nosso estande atraiu a atenção de todos ali presentes. Com o grande sucesso da exposição em breve teremos mais eventos como esse com as mais diversas novidades! Aguardem!

O novo decreto sobre armas do governo de Jair Bolsonaro (PSL) autoriza a compra de pelo menos 2,1 bilhões de munições, a partir deste ano, por brasileiros que já possuem registro de arma de fogo. Essa quantidade é suficiente para que 5,7 milhões disparos sejam efetuados por dia no país.

Os recentes acontecimentos em Ottawa, Canadá, comprovam, pela enésima vez, que controle de armas serve apenas para deixar uma população pacífica ainda mais vulnerável.O desarmamento não apenas deixa uma população menos livre, como também a deixa menos segura. E não existe liberdade individual se o indivíduo está proibido de se proteger contra eventuais ataques físicos. Liberdade e autodefesa são conceitos totalmente indivisíveis. Sem o segundo não há o primeiro.

Página 1 de 9